Nair Pascotto Inocenti

“Dr. Luciano, Gostaria de manifestar minha história a qual, hoje, o Senhor faz parte:

Perdi meu pai ainda criança e tivemos , minha mãe e nós três meninas pré adolescentes, que batalhar desde então: até os 12 anos na zona rural, onde os esforços físicos são imensos; após a vinda para a cidade, trabalho de doméstica, de grande esforço físico, mas também de grande aprendizado de vida. Me casei logo aos 17 anos, e minha disposição e saúde nos ajudou muito a construir minha vida; mas só hoje eu entendo o quanto sacrifiquei minha coluna.

Nos últimos anos sofri imensas dores e desconforto, mas nesses últimos doze meses praticamente fiquei inválida para a vida: mal conseguia ir ao banheiro ou sentar à mesa para as refeições, e sempre dependente de alguém para segurar-me. Completamente torta e achar uma posição para dormir era muito difícil. Enclausurada de qualquer convívio social e dentro de casa, ou melhor, no quarto, totalmente dependente de outras pessoas, estressada pela dor insuportável, e com os consequentes efeitos colaterais das múltiplas tentativas de medicações para aliviar a dor, não compreendida ,na sua dimensão, por quem está a sua volta. Diabete descompensada, depressão, raivosidade (isso mesmo, muita raiva) ; viver para que!

Ao dizer: Preciso operar a coluna. as expressões que as pessoas faziam eram assustadoras:

Meu Deus, você vai operar a coluna? Mas não é só a perna que dói?

E assim cheguei até o Senhor, que me acolheu com muita tranquilidade e confiança. E como planejou, sua cirurgia e o pós operatório transcorreu como um sonho. 24 horas depois estava andando ERETA pelo corredor do hospital, e tendo alta. Fui para casa de minha filha que fica em Piracicaba, a 150 km de São Paulo, de carro, isso mesmo, 24 horas após a cirurgia, desde então só melhoro, sem dor alguma.

Como agradecê-lo, como enaltecer a pessoa, sua capacidade e qualidade profissional! Meu muito obrigado e que em minhas orações sempre estará presente.

A Valdirene também.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *