Sergio I.Skarbnik

O meu nome é Sergio I. Skarbnik. Atualmente com 61 anos de ,1,80 de altura e 110 kilos.
Em janeiro de 2015, as dores que eu senti esporadicamente nas costas, começaram a se intensificar e ponto de eu ter muita dificuldade de subir e descer escadas, andar mais do que 4 quarteirões subir ladeira no máximo duas quadras e o pior não conseguia ficar em pé por mais do que 30 minutos .A dor cada vez foi ficando mais intensa e para conseguir ficar fora da cama e poder trabalhar tive que começar a tomar medicamento a base cortisona. Nesta ocasião estava pesando 90 kilos e em 8 meses ganhei 10 kilos o que agravou as minhas dores.

Tinha ido a dois médicos ortopedistas especializados em problema de coluna que me recomendaram fazer uma cirurgia corretiva .Eu tinha muito receio de fazer uma cirurgia delicada como essa, e tinha a experiência de 2 amigos que passaram por cirurgias de coluna e que tiveram um longo período de recuperação com muita fisioterapia, mas depois de um ano da cirurgia voltaram a sentir dores.

Neste momento me indicaram o médico especializado em coluna vertebral Dr Luciano Miller Reis Rodrigues . Ele foi super atencioso ,me passou inúmeros exames, não foi precipitado em me fazer a cirurgia ,me explicou muito a técnica que iria fazer e só me colocaria uma placa ,se não tivesse outra opção. No final agosto de 2015 acabei fazendo a cirurgia de DESCOMPRESSAO MINIMAMENTE INVASIVA ,que foi um absoluto sucesso e não teve que ser colocada a placa.

Hoje 1 de novembro de 2016 ,passados 14 meses da cirurgia e tendo ganho outros 10 kilos ( mas por meu desleixo com o meu peso, estou atualmente com 110 kilos mas vou fazer um regime e exercícios ) estou me sentindo muito bem sem nenhuma dor, que por sinal nunca mais senti nada nem na coluna e nem nas pernas .Depois de 30 dias de intensa fisioterapia pós cirúrgica, voltei a fazer longa caminhadas, pelo meu trabalho voltei a conseguir ficar o dia todo em pé sem nenhum problema.

Quero registrar a minha muito bem sucedida experiência e o meu eterno agradecimento ao Dr Luciano Miller Rodrigues .


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *